.

.

.

.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

GANDU: Deputada defende mobilização da bancada baiana para implantação de um campus da UFSB no Baixo Sul baiano


A audiência foi requerida pela Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa da Bahia, presidida pelo deputado Álvaro Gomes (PCdoB).  Bastante concorrido, o evento contou com as presenças do reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia, Naomar Almeida Filho, do pro-reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Elias Lins, da deputada federal Alice Portugal (PCdoB), dos deputados estaduais Álvaro Gomes (PCdoB) e Rosemberg Pinto (PT), além dos prefeitos Ivo Peixoto (Gandu) e Walter Nego (Itamari) e outras autoridades.  O reitor Naomar Almeida apresentou o modelo de gestão inovador por ele concebido para a UFSB, que contempla uma estrutura descentralizada e capilar. Naomar afirmou que a UFSB tem autonomia para implantar um campus no Baixo Sul baiano, mas a iniciativa teria como obstáculo a ausência de recursos financeiros.  Relatora do projeto que criou a UFSB e reconhecida defensora da interiorização do ensino superior público e gratuito, a deputada Alice Portugal ressaltou a importância de se implantar uma unidade da universidade na região. “O Baixo Sul é formado por 14 municípios, com uma população estimada em 300 mil habitantes”, disse a deputada, esclarecendo que a região não foi contemplada no projeto de lei que criou a universidade, pois, na ocasião, a Comissão de Implantação da UFSB considerou que isso poderia atrasar a implantação da instituição. 

Alice apresentou soluções para viabilizar os recursos necessários, a exemplo da destinação de emendas parlamentares da bancada baiana no Congresso Nacional. A deputada propôs, ainda, reunir a bancada dos parlamentares federais e estaduais da Bahia, a fim de, com o apoio do governador Jaques Wagner, buscar viabilizar a proposta junto ao ministro da Educação Aloísio Mercadante. 

O deputado Álvaro Gomes salientou que a implantação de cursos de nível superior na cidade atenderia a uma demanda antiga da população de Gandu. Álvaro ressaltou as condições atuais do município para sediar o campus, destacando a afinidade de identidade entre Gandu e Itabuna – cidade sede da UFSB – e ainda a proximidade entre os dois centros de economia baseada na lavoura do cacau. 

O prefeito Ivo Peixoto destacou o crescimento social e econômico que o projeto levaria para o município, e ofereceu-se para colaborar na criação das condições necessárias para a implantação de um campus local.

(Fonte: Susana Hamilton/ASCOM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário