.

.

.

.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Acesso a aparelho eliminador de ar em serviços de água e esgoto vira lei

Nesta quinta-feira (16), o presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Nilo, conforme publicado no Diário Oficial da Casa, promulgou a Lei de número 13.583, de autoria do deputado estadual Hildécio Meireles (PMDB), que disciplina a instalação de aparelho eliminador de ar em unidades servidas por ligações de água e esgoto, no âmbito do estado da Bahia. De acordo com o deputado, o objetivo é garantir ao consumidor o pagamento justo pelo consumo de água, levando em conta que comprovadamente existe um sobre consumo em torno de 30%  nas contas. “Os bolsões de ar que se formam nas tubulações hidráulicas das unidades são tão grandes e potentes que aceleram visivelmente os ponteiros dos hidrômetros e o intuito é acabar com isso”, explicou Meireles, reforçando que os hidrômetros não possuem tecnologia suficiente para separar a água do ar e, consequentemente, registra a pressão como consumo realizado, penalizando e muito os bolsos dos usuários.

            Com isso, a partir de agora, o consumidor, seja ele pessoa física, jurídica, comercial ou industrial, que decidir pela aquisição e instalação do equipamento deverá encaminhar pedido por escrito à empresa fornecedora do serviço de seu município ou região e o valor pode ser pago em até 12 vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário