.

.

.

.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Comércio de Valença registra mais de 2 milhões de inadimplência Feirão do Nome Limpo propõe a renegociação de dívidas

De acordo com o Indicador de Inadimplência Pessoa Física do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o número de brasileiros negativados aumentou.A estimativa mostra que o Nordeste concentra o maior número absoluto de negativados, somando 15,42 milhões de consumidores nesta situação, o que representa 39,06% da população adulta da região. No comércio de Valença o aumento de negativados aumentou consideravelmente. Entre cheques e créditos, o valor acumulado é de aproximadamente R$ 2.300.000,00 (Dois Milhões e trezentos mil reais). Isso corresponde a quase 75% a mais do ano anterior, que registrou R$ 1.326.424,00 no período de 01 de janeiro à 22 de outubro de 2015.
Segundo o Relatório de Estabilidade Financeira, divulgado pelo Banco Central, em cenário de queda da economia, do aumento do desemprego e da alta da inflação somado ao “consumo acumulado” das famílias que parcelaram suas compras, as renegociações de dívidas têm ajudado a impedir um aumento maior da inadimplência.
A Associação Comercial e Empresarial, e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Valença, preocupada com o momento atual do comércio, realizará o Feirão do Nome Limpo entre os dias 21/11 à 02/12. O feirão será uma oportunidade de ajudar ao consumidor a renegociar suas dívidas, com desconto de até 100% nos juros. Com essa ação, o comércio fica na expectativa de que as intenções de consumo para o Natal se mantenha constante, com novas compras.
Victor Sousa
Assessor de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário