.

.

.

.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Jurandy Oliveira sugere que metrô vá até Portão

A construção de uma estação de metrô que ligará  Lauro de Freitas à comunidade de Portão, situado na Região Metropolitana de Salvador, foi indicada ao governador Rui Costa pelo deputado Jurandy Oliveira (PRP). A reivindicação foi apresentada na Assembleia Legislativa, através indicação. No documento, o parlamentar destaca que Lauro de Freitas, que está localizado a cinco minutos do Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, é considerado um dos municípios mais industrializados da Bahia, gerando muito emprego na região. O município tem bastante pessoas que trabalham e estudam em Salvador, na região metropolitana e nas comunidades próximas, tal como a comunidade de Portão, e que utilizam a cidade como dormitório ou lugar de descanso nos fins de semana. “O metrô é um transporte de rápida locomoção que comporta grande número de usuários, não polui o meio ambiente com gases de efeito estufa, reduz o fluxo de automóveis, reduzindo dessa maneira o congestionamento nos horários de pico e ainda é mais seguro que os outros transportes”, afirma o deputado, acrescentando ainda na justificativa que é de grande relevância a construção desta estação de metrô, uma vez que passa por avenidas que possuem hospitais, mercados, shoppings centers, condomínios residenciais, escolas, restaurantes, praias, lojas e um forte comércio atendendo assim uma grande parcela de usuários diariamente. “A sede de Lauro de Freitas e a comunidade de Portão estão separadas apenas por 2 km e o atendimento integral da presente demanda trará mais segurança a população além de inúmero benefícios, tais como a prevenção e a diminuição de congestionamentos nas vias urbanas, melhor qualidade de vida, socialização, confiabilidade e precisão na prestação de serviços. Além disso, protegerá direitos fundamentais da população, a exemplo da vida, segurança, trabalho, lazer e proporcionará melhorias diretas na constituição e formação de cada morador”, destacou Jurandy Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário