.

.

.

.

sábado, 9 de março de 2019

Número de julgamentos de casos de violência contra a mulher aumenta, diz CNJ

Estatísticas divulgadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ontem (8), Dia Internacional da Mulher, indicam qu nos últimos dois anos cresceu o número de processos em andamento na Justiça de casos de feminicídio, violência contra mulher e adoção de medidas protetivas. De acordo com o Departamento de Pesquisas Judiciárias do CNJ, no ano passado, havia 1 milhão de casos pendentes de violência doméstica, 13% a mais em relação a 2016. No mesmo período, o número de casos em andamento sobre feminicídio cresceu 34% e chegou 4.461 processos pendentes no ano passado.  As adoções de medidas protetivas por decisão judicial bateram mais de 339 mil, um crescimento de 36%. Por Leo Sousa

Nenhum comentário:

Postar um comentário