.

.

.

.

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Alice denuncia: ministro da Educação deprecia as universidades brasileiras

Neste dia histórico, em defesa da educação brasileira, a deputada Alice Portugal (PCdoB/BA) enfrentou o ministro Abraham Weintraub, no Plenário da Câmara, cobrando respostas sobre o corte nas verbas das universidades e institutos federais e a garantia da autonomia universitária. Em mais de seis horas de sessão, o ministro não explicou os motivos dos cortes, limitando-se a dizer que se trata de um contingenciamento de recursos. “Senhor ministro, me parece que não sabe diferenciar corte de contingenciamento. Contingenciamento criminoso na educação já foi feito pela Emenda Constitucional 95. Vossa Excelência faz esse corte em forma de bloqueio para depois do varejo das universidades, negociar com cada reitor a autonomia universitária e a garantia de nomear os reitores eleitos pela comunidade universitária”, disse. Alice também questionou o ministro sobre o fato dele afirmar que o bloqueio das verbas será liberado depois que o Congresso aprovar a reforma da previdência. “Pergunto: qual a relação de uma coisa e outra? É chantagem com os deputados e com a comunidade universitária? O senhor acha que é o presidente da República e quer impor uma ordem neste Parlamento. Nós não vamos aceitar. O senhor vai nomear os reitores eleitos? Vai garantir a autonomia universitária?”, argumentou Alice, que ficou sem resposta. Assessoria de Comunicação – Deputada Alice Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário